Ir para o conteudo 1 Ir para o menu principal2 Pular lista Órgãos de Governo3

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal Dataprev. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nosso Aviso de PrivacidadeAo continuar navegando, você confirma que leu, compreendeu e consente com a utilização de cookies.

Atualizado em: 
seg, 13/05/2024 - 15:18

Primeiro ciclo de palestras sobre o tema contou com presença do presidente Rodrigo Assumpção, de especialistas do Ministério da Gestão - incluindo o secretário de Governo Digital, Rogério Mascarenhas -, além de representante da Universidade de Brasília

arte com frame das autoridades durante mesa de abertura do evento onlineNesta semana, foi realizado na Dataprev o primeiro encontro do ciclo de palestras sobre experiência do usuário - ou user experience (UX), em inglês. Com o tema Estratégia de UX e Redesenho de Produtos, o objetivo da reunião foi disseminar a cultura dessa técnica dentro da empresa. O grupo de trabalho é composto por empregados e empregadas das diretorias de Relacionamento e Negócio; Tecnologia e Operações; Gestão de Infraestrutura de TIC; e Produtos e Soluções – a qual é responsável pela coordenação das atividades.

O evento contou com apresentações de Lara Sampaio e Maria Soledad de Castro, do Laboratório de Qualidade de Vida dos Serviços Públicos do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), e de Elaine Venson, pesquisadora da Universidade de Brasília. A mediação foi realizada pelo supervisor de Serviço de Gestão de Produtos e Capacidade da Dataprev, Alisson Pontes. 

As especialistas do MGI trataram sobre as principais dificuldades dos usuários nos serviços públicos e a importância desse tema para uma boa Governança Digital. Já a pesquisadora da UNB explicou sobre a parceria que a Universidade realizou coma LabQ, em conjunto com a Agência Nacional de Saúde (ANS), para desenvolver um aplicativo direcionado ao beneficiário de plano de saúde.

Já a mesa de abertura teve a presença do secretário de Governo Digital do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Rogério Mascarenhas; do presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção; e do diretor de Produtos e Soluções da empresa, Flávio Sampaio.

Para o secretário do MGI, Rogério Mascarenhas, UX é um tema que o MGI está atento. “A UX é fundamental para aumentar a adesão aos serviços digitais, pois estamos tratando da experiência do cidadão. Essa estratégia serve para aumentar a qualidade dos nossos serviços, mas também uma forma de inclusão do cidadão”, destaca.

arte com frame das autoridades durante mesa de abertura do evento onlineO presidente Rodrigo Assumpção comparou a UX ao período em que a empresa precisou adaptar o web design de suas soluções para uma maneira mais responsiva, ou seja, a adaptação dos sistemas para as telas de celular. “Quando trabalhamos qualquer dimensão de UX, temos um aprendizado sobre processos, uma discussão de revisão dos processos administrativos. A UX é para a sociedade, mas também o melhor feedback para aprimorar a qualidade das nossas soluções”, disse.

O diretor da DPS, Flávio Sampaio, complementa ainda que a Dataprev possui um terreno fértil para a aplicação UX e que o ciclo de palestras é um caminho para um planejamento mais efetivo sobre a aplicação desta prática. “Ao longo dos anos, nós tivemos mudanças de como os serviços públicos são acessados. Por exemplo, aqui na Dataprev, nós temos os aplicativos Meu INSS, a CTPS Digital e o CadÚnico, são aplicativos com diversidade de público extraordinário e que precisam passar por uma revisão de processos e linguagem. A UX traz ganhos para a sociedade, mas também para a administração pública que diminui custos. Por exemplo, se colocarmos dois cliques, ao invés de cinco, em um aplicativo, isso melhora para o cidadão e traz economia no custo de operação.  

O que é o UX

User Experience (UX) é a forma como as pessoas interagem com um produto ou serviço, seja no ambiente online, seja no mundo físico. Na realidade da Dataprev, é uma maneira de garantir que o uso de sites, aplicativos, softwares, entre outras soluções, aconteça de maneira fluida, sem obstáculos ou dificuldades.

A Dataprev atua para colocar a Experiência do Usuário (UX) como uma cultura estratégica dentro da empresa, sendo incorporada de forma institucional em seus produtos. O tema é fundamental para o desenvolvimento de soluções eficazes e além de compreender a percepção do usuário em relação às soluções criadas para ele.