Desculpe, você precisa ativar o JavaScript no seu navegador para visitar o Portal Dataprev.
Ir para o conteudo 1

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal Dataprev. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nosso Aviso de PrivacidadeAo continuar navegando, você confirma que leu, compreendeu e consente com a utilização de cookies.

Atualizado em: 
seg, 29/06/2020 - 20:14

No Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (Bem), a Dataprev atua como parceira tecnológica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho – órgão gestor e definidor das regras do programa.

No Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (Bem), a Dataprev atua como parceira tecnológica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho – órgão gestor e definidor das regras do programa.

No dia 19 de junho, foram implementadas correções para tratar divergências nas informações prestadas pelos empregadores, tais como CNPJ (casos em que foi informada matriz em vez de filial), data de nascimento e de contratação, entre outros. Assim, foi aplicada nova regra de procedimento para a verificação de novos campos constantes dentro das bases de dados consultadas pela Dataprev.

No entanto, a aplicação foi efetuada para todos os acordos firmados e não apenas para os novos, inseridos daquele momento em diante. Diante das divergências o sistema não encontrou as remunerações corretas, assumindo o salário mínimo como base, para que o trabalhador não deixasse de receber o BEm. Em muitos casos, isso ocorre por conta do empregador não informar os salários no e-social.

Com isso, por volta de 2,7% do total das parcelas pagas na semana passada (23/06 a 26/06) e das parcelas agendadas para pagamento nesta semana (30/06 a 03/07), representando cerca de 97 mil trabalhadores, tiveram o depósito reduzido. Essa inconsistência também alterou equivocadamente no sistema o montante pago na primeira parcela.

Ressalta-se que as inconsistências já foram identificadas e as equipes da Dataprev estão providenciando as devidas correções no sistema.

Paralelamente, será feita também folha de pagamento complementar com a diferença do valor que será enviada às instituições bancárias ainda nesta semana. A previsão é que os depósitos sejam regularizados a partir do dia 7 de julho.

As melhorias também objetivam evitar fraudes e irregularidades no programa.
 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

DATAPREV

imprensa@dataprev.gov.br